sábado, 17 de fevereiro de 2018

Só apostam nos dos outros




Notícia retirada do site Globoesporte:

"Botafogo se aproxima de acerto com lateral-esquerdo Moisés, do Corinthians.

Negociação encontra-se em estágio final, e Alvinegro pretende anunciá-lo neste fim de semana; contratação do atleta de 22 anos é por empréstimo até o fim da atual temporada".

Meu comentário: No ano passado, o Moisés atuou em oito partidas do Paulista e quatro no Brasileiro. O saldo? Negativo. Tanto que a torcida jamais sentiu confiança e a diretoria do Corinthians buscou reforços para o setor (mesmo com a venda do Arana). 

E o que acontece? Não serve para "clube grande"? Opa, aqui no "médio" Botafogo será muito útil. Até porque, convenhamos, vai disputar a posição com o possante Gilson. Ou seja, nada. 

Alguns, poderão dizer: "Ah, é jovem, pode amadurecer e dar retorno em pouco tempo, Rodrigo"...

Respondo: Legal! Pode dar retorno para o clube paulista, afinal, ele estará vindo emprestado por um ano. Aí, pergunto: Se é para apostar em jovem de 22 anos de outros times, por que não apostam e dão moral para o Yuri, que já está em casa? Por que emprestaram o Victor Limdenberg para ganhar experiência lá no Pará? 

Impressionante como o Botafogo sempre desvaloriza ou não acredita no que tem dentro do próprio Botafogo. Apostas por apostas, desconhecidos por desconhecidos, inexperientes por inexperientes, sempre preferem os dos outros...

Não tem como ficar de bom humor. Não mesmo.


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!

sexta-feira, 16 de fevereiro de 2018

Promessa é dívida





Presidente no título nacional de 1995 e um daqueles "eternos cardeais de General Severiano", o Carlos Augusto Montenegro concedeu entrevista ao site Globoesporte (clique aqui).

Falou sobre vários assuntos, mas um certamente chamou a atenção da torcida alvinegra:

"- Tem um envolvimento de botafoguenses querendo trazer um jogador para ser ídolo. Já me contataram e falei que sim. São seis pessoas, e podemos trazer alguém que ganhe R$ 600, R$ 700 mil por mês. Agora estamos procurando esse jogador".

Ué, se existe esse "montante" de um grupo de seletos torcedores/colaboradores, por que não usar o tal "setor de inteligência" do clube para encontrar logo esse jogador que pode ser o diferencial em campo? 

Na boa? Posso queimar a língua (e torço para que isso aconteça), mas para mim, é clara intenção de jogar para a galera, dar uma acalmada nos torcedores...
...e esperar que, aos poucos, todos esqueçam a tal promessa.

Mas a partir do momento em que prometeu, o CAM que se prepare, pois lembraremos sempre (enquanto não chegar o tal reforço de R$600, R$700 mil). E se ele chegar (e for realmente bom), serei o primeiro a parabenizar.


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!

quinta-feira, 15 de fevereiro de 2018

Precisa identificar logo




O novo treinador do Botafogo, Alberto Valentim, foi apresentado após o almoço e saiu da coletiva direto para o primeiro trabalho com os novos comandados.

Em uma pergunta sobre esquema e atletas à disposição, falou:

"- Vamos deixar para definir uma parte tática mais perto do jogo, até para conhecer mais o nosso próximo adversário, o Nova Iguaçu. Eu respeito muito as fases do jogo, é preciso respeitar muito bem como você tem a bola e quando não tem. Procurei fazer isso no RB Brasil. Conhecendo o dia a dia e vendo características e peças, a gente vai definindo. Conhecendo o dia a dia e vendo características e peças, a gente vai definindo.Botafogo é time grande, quando tiver que atacar vai atacar, mas organizado".

"- Grupo novo, que conversando já com integrantes da comissão, são atletas que se entregam. Acredito que vão entender a forma que eu gosto de trabalhar, sendo profissionais como são. Algumas coisas já pegamos dos últimos jogos, vimos vídeos. Vamos procurar ver o que errou. E nem tudo foi ruim".

Minha primeira impressão sobre o Alberto foi boa (apesar de eu ainda considerar arriscado outra aposta em seguida). Ao menos ele tem clareza nas palavras e demonstra expressões faciais diversas, bem diferente do seu antecessor.

Agora, sobre a parte tática e equipe titular, eu só espero uma coisa: Independente do que ele arme, que não demore para identificar os dois fracos laterais e necessidade por mudanças no meio e ataque. De resto, dá para esperarmos pequenas inserções à medida que o trabalho vai sendo desenvolvido.


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!

quarta-feira, 14 de fevereiro de 2018

Nem precisava justificar





Notícia retirada do site Globoesporte:

"Botafogo veta final da Taça GB, entre Flamengo e Boavista, do Nilton Santos.

Segue a nota oficial do GLORIOSO:

"O Botafogo de Futebol e Regatas informa que a final da Taça Guanabara, entre Boavista e Flamengo, não será realizada no Estádio Nilton Santos. Cabe esclarecer que:

1 - A decisão de não haver o jogo não foi motivada pelo valor estabelecido no Arbitral. O valor havia sido decidido e aprovado por todos os Clubes presentes, inclusive o Botafogo; 

2 - A decisão foi tomada unicamente em função da comemoração de gol do atleta adversário, praticando - no entendimento dos botafoguenses - desrespeito à Instituição Botafogo, que é representada pelos seus atletas, sócios e torcedores;

3 - Passaram-se os dias e até hoje não houve uma manifestação, quer do jogador, quer do clube, se retratando do episódio. Pelo contrário, repercute ainda mais o gesto;

4 - Este jogador é empregado do clube adversário e, como tal, deve respeitar a ética profissional.

5 - O fato deve ser analisado muito bem. Um ato deste tipo pode provocar a violência entre os jogadores e torcedores. Queremos a paz e o respeito dentro e fora de campo."

Meu comentário: O dono do estádio tem total liberdade para decidir/definir quem entra em sua casa. Isso é um fato incontestável. Agora, eu confesso que fiquei envergonhado com a justificativa. Em minha opinião, institucionalizamos uma babaquice que podemos (e devemos) responder dentro de campo, na mesma moeda, sempre (inclusive o post de ontem foi com uma sugestão/alternativa).

Ah, e para resumir: O Botafogo não deveria sequer explicar o motivo do veto. Por mais que eu não concorde com quem seja contrário ao aluguel do estádio para o Flamengo, se não quiserem alugar, ok...
...apenas diga não...e nada mais.

Quem não tem casa e/ou está incomodado que se mude.

Simples assim. E sem dar motivos/argumentos/munição para imprensa ou adversários interpretarem a bel-prazer.


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!

terça-feira, 13 de fevereiro de 2018

Fica a dica!




O amigo "Fatos" fez uma sugestão incrível em uma postagem anterior. Tanto que, no mesmo dia, publiquei no twitter e na página do Cantinho Botafoguense no Facebook

E a ideia foi muito bem aceita, diga-se de passagem. Agora, reproduzo no CB, para quem ainda não ficou sabendo...

Ao invés de perdermos tempo e paciência com Souza, Leo Moura ou Neguebinha Jr. e suas comemorações fazendo alusão ao tal "chororô", por que não devolvermos sempre  na mesma moeda quando enfrentarmos e marcarmos gols no maior rival?

Alguém ainda não ouviu falar do "Jogo do Senta"? Se não, clique aqui e confira - em detalhes - sobre a situação mais patética na história do futebol brasileiro.

É simples: Eles comemoram fazendo gesto de choro? Ok, a cada gol ou vitória diante do Flamengo, nós comemoramos "sentando no gramado". 

O que acharam?

Tenho certeza de que geraria uma repercussão enorme na mídia esportiva mundial. E isso obrigaria todo mundo a conhecer a encenação mais ridícula já vista por essas bandas.

Fica a dica, departamento de futebol botafoguense! Instruir os atletas! Aliás, instruir não...
...mandar.

Gostou? Curta e compartilhe em todas as suas redes sociais (sempre marcando os perfis oficiais do Botafogo).


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!

segunda-feira, 12 de fevereiro de 2018

De cara, 55%




Sem qualquer expectativa por reforços, espero que o próximo treinador (ainda a ser anunciado) ao menos tenha peito para chegar no clube e fazer uma reformulação de pelo menos 50% nesse arremedo de time que vinha atuando no início de 2018.

Sem pensar duas vezes - e sem precisar de qualquer treinamento -, eu já tiraria os péssimos Arnaldo e Gilson, além dos fracos Valencia, Pimpão, Luiz Fernando e Brenner. 

Seis mexidas. E depois, aos poucos, pensar nos outros que também podem perder suas posições se continuarem oscilando. 

Mas a primeira coisa é trocar seis camisas dos titulares! 

Não dá mais para aturar esses citados.


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!

domingo, 11 de fevereiro de 2018

A muleta da falta de dinheiro





Um mês no cargo.

Esse foi o tempo que durou o Felipe Conceição como técnico do Botafogo. 

Após sete jogos, foi demitido após a semana em que passamos vergonha nacional para o Aparecidense e o baile levado diante do maior rival na tarde de ontem.

Aliás, após a derrota para o Flamengo, não houve coletiva. Apenas o gerente de futebol Anderson Barros que confirmou a demissão do treinador:

"- É um somatório de situações. Quando tomamos uma decisão quanto ao Felipe Conceição, um profissional jovem, que vem buscando seu espaço na sua carreira, infelizmente esse somatório, os resultados, acabaram influenciando em nossa decisão".

Ainda sobre o planejamento da diretoria, o repórter Renan Moura, da Rádio Globo/CBN, informou que já existe o perfil definido para o próximo treinador, que deverá ser anunciado na próxima semana. E acreditem: Reforçar o elenco não é uma prioridade no momento!!! 

Isso mesmo! Segundo apuração do repórter, parece que os dirigentes continuam satisfeitíssimos com o grupo que foi montado e, pelo visto, acreditam que o único problema era o Felipe Conceição.

Ah, e não podemos esquecer do seguinte: Foi apenas um mês no cargo...
...mas o contrato assinado foi de TRÊS anos! E já ouvi comentários de que o valor da multa fica na casa dos R$ 800 mil. 

Quem vai responder por mais essa?

Aparece, presidente banana!


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!

sábado, 10 de fevereiro de 2018

Constrangedor





Já era esperada uma derrota nesta tarde, afinal, o Flamengo é infinitamente superior à Aparecidense, que nos humilhou na última terça-feira.

E o placar de 1 a 3 (Kieza) confirmou os prognósticos, que só erraram em uma coisa: Esperávamos o mínimo de diferença de postura do Botafogo...mas nem isso aconteceu.

A eliminação na Taça Guanabara atestou o que todo mundo está cansado de saber: Um time fraquíssimo, técnico que ainda não passa de estagiário, diretoria sem comando, etc. No mais, pareceu um jogo entre profissionais contra sub-15. 

Tanto é verdade, que nos raros 5 minutos que conseguimos trocar alguns passes (e marcamos o gol), foi mais por conta do total desinteresse do Flamengo, que naquele momento, brincava de passar a bola e dar olé, sem qualquer reação botafoguense. Bastou o Kieza diminuir o placar, o Flamengo voltou a jogar só um pouco e, novamente, se impôs de maneira absoluta.

Uma derrota lamentável, constrangedora e que cada vez mais me faz temer pelo mês de dezembro. No andar da carruagem (e nada me faz acreditar em algo diferente), a segunda divisão em 2019 é questão de tempo.


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!

Botafogo 1 x 3 Flamengo

1- Jefferson: Não sai mais debaixo das traves - 4,5

2- Arnaldo: Um quadrúpede acéfalo - 1,0

3- Marcelo: Coitado, se viu jogado aos leões por atuar no lado direito com Arnaldo por ali - 4,5

4- Rabello: O menos pior em campo - 5,5

5- Matheus Fernandes: Isolado, fica perdido na marcação - 4,0

6- Gilson: Uma merda das mais fedidas que passaram por General Severiano - 1,0

7- Rodrigo Pimpão: Lastimável - 2,5

8- João Paulo: Não esteve bem - 4,5

9- Brenner: Incapaz de criar algum problema para adversários - 3,0

10- Valencia: Um lixo - 1,0

11- Luiz Fernando: Mais do que comprovado que é jogador de time pequeno - 1,0

12- Ezequiel: Ao menos tentou ser incisivo - 4,5

13- Renatinho: Buscou bola e distribuiu o jogo - 5,0

14- Kieza: O simples fato de não ter uma bunda de tanajura igual ao Brenner, o credencia a ser titular absoluto do ataque - 4,5

Felipe Conceição: Perdido, fraco, sem comando, sem moral... - 1,0

Em busca do milagre





Quatro dias após o vexame da última terça-feira, o Botafogo volta a campo.

Por incrível que pareça, nada aconteceu. 

Aliás, aconteceu sim. Ao invés de cobrança/esporro no elenco e saída do treinador Felipe Conceição, o presidente Nelson Mufarrej reuniu os jogadores e comissão técnica para transmitir confiança no grupo.

Definitivamente falta comando, pulso e profissionalismo.

E assim o Botafogo enfrentará o Flamengo, na semifinal da Taça Guanaraba. 

Adversário infinitamente superior à possante Aparecidense. Pior: Desta vez, o empate não nos favorece. Ou seja, somos obrigados a vencer para chegar na decisão.

Difícil acreditar, né? 

Vamos torcer pelo milagre, é claro. Mas mesmo com uma possível milagrosa vitória, continuarei preocupado, afinal, será a deixa para eles afirmarem que o elenco é bom, o técnico está preparado, que vão juntos até o fim, etc...

Puto, muito puto, ainda assim...na torcida.

Pra cima deles, Fogão!


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!

sexta-feira, 9 de fevereiro de 2018

Vontade zero




Em todo time de futebol que se preze, os melhores devem ser escalados. 

Certo? 

Acredito que esse seja a vontade dos torcedores e o desejo dos treinadores em contar com boas opções técnicas no elenco.

E o que fazer quando um desses atletas não faz mais a menor questão de atuar em bom nível? 

Renova-se o contrato dele, é óbvio. 

Ah, mas claro...
...isso, só no Botafogo.

Amigos, só eu acho ridículo o Luis Ricardo no Botafogo?

Não pelo futebol dele, mas pela falta de vontade de voltar a ser titular do time. Um cara que é infinitamente superior na parte técnica ao limitadíssimo Arnaldo...e não consegue barrar o ex-Ituano, que convenhamos, jamais poderia vestir a camisa de um clube como o Botafogo, né?

E antes que falem sobre questão física, desculpem, mas não aceito. O LR se recuperou a um tempo suficiente para estar em forma. Se não consegue mais atuar 90 minutos é porque não tem vontade e/ou nossos preparadores são péssimos.  Aí, alguém precisa(va) ser demitido. O lateral ou os preparadores. Mas não, o jogador teve contrato estendido e tudo fica do jeito que ele queria: Excelente salário, clube grande no currículo e nenhuma responsabilidade dentro de campo. Ou alguém considera normal o LR ser reserva do Arnaldo em igualdade de condições?

Jogadores sem qualquer ambição ou compromisso são os que mais me irritam. Principalmente quando eles têm bola para barrar "postes" que seguem titulares apenas porque são voluntariosos (mas desprovidos de habilidade e técnica). Uma coisa é disputa igual por posição. Outra, bem diferente, é jogador que não se esforça e aceita ser reserva, mesmo sendo melhor.


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!

quinta-feira, 8 de fevereiro de 2018

Uma imagem que fala...
























...mais do que mil palavras!

Dois dos cartazes de torcedores que foram ontem ao Rio esperar a delegação botafoguense voltar do fracasso histórico em Goiás.

Perfeito.

Depois disso, nem preciso escrever mais nada no post de hoje.


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!

quarta-feira, 7 de fevereiro de 2018

Virar a chave...



















Palavras do técnico Felipe Conceição, após o vexame histórico de ontem:

"- A decepção é grande, a gente não queria ser eliminado na primeira fase. Lutamos, batalhamos, escolhemos a melhor estratégia para o tipo de jogo, para a competição, o regulamento... Infelizmente não conseguimos. A gente vai ter que buscar força agora, virar a chave para sábado estar forte contra o Flamengo".

Fizemos TUDO CERTO...
...e fomos derrotados/eliminados pela Aparecidense. 

É melhor virar a chave sim...mas para fechar logo o portão de General Severiano.


SAUDAÇÕES ALVINEGRAS!!!